Ecope entrega certificados da primeira turma de alunos da pós-graduação em ecocardiografia

Por Mayra Rodrigues

A escola de Ecografia de Pernambuco (Ecope) entregou certificados da primeira turma de pós-graduação em ecocardiografia com chancela do MEC, na sexta-feira (29), no espaço Itamaracá do Restaurante Coco Bambu, no Shopping Recife. Com projeção nacional, a escola formou não só alunos do estado, mas também da Bahia, Maranhão, Mato Grosso, Alagoas, Rio Grande do Norte, Paraíba, Ceará, São Paulo e Piauí. A cerimônia validou mais uma vez o convênio entre a escola e a Universidade Católica de Pernambuco (Unicap), realizado em 2017, para ministrar as aulas.

Foto: Alexia Vidal

 O curso teve o objetivo de formar especialistas em Ecocardiografia e foi realizado em turmas sequenciais, com duração de 18 meses, com carga horária de 450 horas/aula. Ele abrangeu a parte básica, intermediária e avançada. A turma chegou a mais de 50 alunos e foi destinada a médicos cardiologistas que desejavam iniciar o método da ecocardiografia e médicos ecocardiografistas que queriam reciclar conhecimentos. As aulas foram ministradas na sede da Ecope, no empresarial Blue Tower, em Boa Viagem.

Foto: Alexia Vidal

A Ecope é uma escola de ecocardiografia que vai além das fronteiras do estado, um dos formandos foi o cardiologista Francisco Machado, de Rio Grande do Norte, que encontrou informações na internet sobre a pós-graduação no último ano da residência de cardiologia e resolveu embarcar no desafio. “O curso é excelente, o aprendizado foi fantástico. Em questão de aula prática, eu já atuo na área de ecocardiografia. Então, tenho aplicado constantemente os ensinos que obtive na escola. Graças à atenção dos professores, ao conteúdo e às aulas práticas eu tenho ampliado meu conhecimento. Quero me preparar ainda mais para a prova de título de 2020”, revelou Machado. 

 Foto: Alexia Vidal

Durante a cerimônia, a diretora acadêmica Antônia Sena destacou a trajetória da escola. “Iniciamos os cursos de forma itinerante em hotéis aqui no Recife com uma estrutura de funcionários familiares. Nessa época, o trabalho e investimento foi muito laborioso, para deslocar e montar a estrutura com equipamentos e acomodação de pacientes. O primeiro curso chamado Reciclagem, aconteceu em outubro de 2010 e já em janeiro de 2011 realizamos o primeiro curso de strain cardíaco no Brasil. Nessa trajetória, conseguimos montar o primeiro espaço físico da ECOPE, no antigo Hospital Alpha. Era um local muito pequeno, difícil administrar a estrutura teórica e prática em duas salas geminadas com 36m².Equívocos e decisões difíceis aconteceram, mas com coragem e iniciativa continuamos o sonho e em 2015 iniciamos nossa primeira pós-graduação em ecocardiografia com 10 alunos, já em outro espaço maior, o primeiro andar do Diagnóstico Cardíaco de Boa Viagem”, contou a diretora. Ainda de acordo com ela, “a esse tempo, já éramos a primeira escola nesses moldes na região N/NE. O bom trabalho teve retorno com o grande aumento da procura e a necessidade de nos mudarmos para o espaço que estamos hoje, o Blue Tower. Em continuidade a inovação e crescimento, firmamos convênio com a Universidade Católica de Pernambuco para certificar os cursos de Especialização em Ecocardiografia e juntamente com o Procape, através dos sócios, Dr. Eugenio Albuquerque e Dr. Carlos Antônio, que nos enviaram pacientes em mútua colaboração. 

 Foto: Alexia Vidal

Também dividiram histórias da escola, o professor e presidente da instituição José Maria del Castillo, o diretor e professor, Dr. Eugênio Albuquerque; e o diretor de Tecnologia e Inovação, Átila Bezerra. Para representar os formandos e compartilhar experiências sobre o aprendizado, os alunos e monitores Carlos Mazzarollo e Jonny Victor falaram em nome da turma. Ao todo, 52 alunos se formaram. A formatura contou com jantar personalizado, DJ e espaço para as fotos. Cada formando recebeu o diploma, réplica da placa e mini bolo de rolo. 

 

Foto: Alexia Vidal

A PÓS-GRADUAÇÃO

Em 2017, foi firmado convênio entre a Escola de Ecografia de Pernambuco (Ecope) e a Universidade Católica de Pernambuco (Unicap) para ministrar aula de pós-graduação em ecocardiografia. Pelo convênio, coube à Católica, por meio da Coordenação Geral de Pós-graduação, prestar orientações acadêmicas e administrativas, observada a legislação específica vigente e respeitadas as suas disposições estatutárias; elaborar os serviços de secretaria, realizando matrícula dos alunos, controlando e registrando notas de aproveitamento, emitindo certificados, estruturando o histórico escolar, organizando o arquivo e emitindo declarações sobre a vida acadêmica dos alunos.

À Ecope coube assumir e cumprir todas as obrigações da seleção e recrutamento dos professores e coordenadores, todos com atividade de magistério no ensino superior, na  área de cardiologia, ouvida previamente a Unicap quanto aos registros de habilidades necessários; gestão financeira referente ao que compreende o curso, como pagamento de pessoal e demais despesas e promover arrecadação de taxas, mensalidades, dentre outras.

O impacto social da Pós-graduação ecope tem efeito na saúde das pessoas. Cerca de  500 pacientes são atendidos, em média, na formação prática dos alunos e esse atendimento é gratuito e detalhado, os exames feitos durante o curso chegaram a durar entre 1h30 e 2h.

Calendário de Todos os Cursos

Facebook