Ecope tem participação especial no Congresso Brasileiro de Cardiologia

Por Mayra Rodrigues

Representantes da Escola de Ecocagrafia de Pernambuco (Ecope) participaram do 74º Congresso Brasileiro de Cardiologia, em Porto Alegre, Rio Grande do Sul, de 20 a 22 de setembro. Considerado o maior encontro da cardiologia brasileira e latino-americana, o evento reuniu pessoas com interesse em comum: conhecimento e atualização na área da cardiologia. Em época da reconhecida importância do Heart Team, os profissionais aliados ganharam o seu espaço. 

Este ano, uma das propostas foi fomentar ideias e trazer uma programação feita para contemplar as diferenças. O objetivo era promover a interação entre os participantes e palestrantes, aumentar o "networking" e o debate da cardiologia, mas também de outros assuntos importantes para a comunidade. “Como vem ocorrendo desde sua fundação em 2010, a Ecope participa da maioria dos eventos científicos nacionais e internacionais com apresentação de palestras, moderação de mesas e temas livres”, destacou o médico cardiologista, especialista em ecocardiografia, com mais de 40 anos de experiência, diretor e professor da Ecope, José Castillo. Ainda de acordo com ele, “apesar da distância e das baixas temperaturas houve a participação de muitos alunos da nossa escola”, comemorou.

A Ecope se fez presente também na moderação de um Simpósio do DIC-SBC e  na coordenação de uma Mesa Redonda sobre Ventrículo Direito, pelo Dr. Castillo. Além de apresentação de dois Temas Livres pelos doutores Carlos Mazzarollo e Jonny Vitor Diniz, da instituição. “Como sempre, o resultado foi altamente positivo, com a mais recente atualização científica, exposição de temas tratados diariamente na nossa Escola como Strain Cardíaco e Ecocardiografia Tridimensional e troca de informações e conhecimento com colegas de todo o país. Tivemos ainda, a satisfação de ver o reconhecimento do trabalho sobre MAPA, do nosso estimado Dr. Audes Feitosa, que acabou de lançar um livro sobre o tema. Soubemos, também, do êxito de vendas do livro Strain Cardíaco, de minha autoria, que teve seus exemplares esgotados durante o Congresso”, destacou Castillo. 


O encontro foi marcado pelas discussões tradicionais, como Mesas Redondas e Colóquios, mescladas com novidades, como "Chega de enrolar: quero uma opinião", "Traga o seu caso" e "SBC Talks". Foi abordado também a cardiopatia isquêmica, insuficiência cardíaca, hipertensão, arritmias, mas também de estresse, alimentação saudável, empreendedorismo, comunicação efetiva. Grandes nomes internacionais falaram de suas pesquisas, enquanto o melhor da produção de conhecimento do Brasil foi discutido nas sessões de temas livres. Os aspectos mais práticos ficaram com espaço destacado nas sessões de Hands-on. 

Durante a participação da comitiva Ecope, foram realizados contatos com algumas empresas com o objetivo de melhorar e estender o conteúdo dos cursos ministrados na instituição. “Assim, mais um Congresso, maior divulgação do nosso lema  - O ensino levado a sério - e maior satisfação em ver cada vez mais cardiologistas brasileiros que passaram pela Ecope”, pontuou Castillo. 

O próximo congresso com presença da escola será em Viena, na Áustria. A participação será no Euroecho 2019 com a apresentação de 4 temas livres, um dos quais oral.




Calendário de Todos os Cursos

Facebook